Ato de Consciência - 6 dias de áudios.

ato de consciencia.jpeg

Acompanhe os áudios e mude sua forma de lidar com o dia-a-dia. Isso pode mudar sua vida.

Textos abaixo.

Sempre dê a referência, quando repassar a frente.

Conteúdo Access Consciousness.

Um ato de consciência é.

Nunca compre o erro de você.

Quantas vezes no dia alguém diz a você que tem algo errado no que vc está fazendo ou escolhendo ?

Quantas vezes no dia alguém ou alguéns te sugerem fazer diferente, pq seu jeito não vai funcionar, no maior ar de quem está querendo contribuir, ao invés de DE VERDADE ser contribuição calando sua linda boquinha ?

Quantas vezes alguém no seu dia diz que vc está esquisito, magro, gordo, abatido, comendo pouco, comendo muito, de mau humor, quando na verdade você só está sendo vc ?

Estes são umas das muitas situações onde estão fazendo vc de errado usando o argumento de que isso é assim mesmo, amigos são para esta coisa. Bulshit, galera.

Um dia uma pessoa que trabalhava comigo me disse que eu tinha que ter uma aula para me comunicar mais claramente. Nada. Isso é só uma tentativa de me parar. A linguagem que importa é a energia que sou. O convite que sou.

Não se deixe cair no Erro de vc. Não tem nada de errado com vc. Só faça perguntas do que cria mais. E se vc é um destes amigos que faz do outro errado, pare, por favor. Vc não está sendo contribuição coisa nenhuma. Mude a chave. Não julgue. Não compartilhe o que não foi pedido a você.

E vamos criar mais. Simples assim.

Beijos

 

Nunca compre um julgamento

 

O julgamento é a maior das Vacas sagradas do nosso mundo. O que significa isso? Vivemos para manter isso no nosso mundo. Mas ele é quem destrói nosso mundo. Não compre isso. Não compre isso. Cada vez que vc compra, se alinha ou resiste a ele, perde dinheiro, não cria sua vida, coloca o mau no mundo e ainda cria menos para você.

O julgamento existe para te controlar. Quando alguém te julga e vc compra isso, perde USD 10000 no seu ano. Se você não sabe pq perde dinheiro, olhe para o como está recebendo julgamento.  Isso não te pertence. Isso vem da polaridade que abastece o mundo escasso, de mínimas possibilidades.

 

 

Olhar o presente que cada coisa é.

Cada porrada é um presente. Cada pessoa que te faz algo que vc considera ruim, é um presente. Alguma coisa tem ali que está te dando sinais importantes e que te abrem a porta para mudar sua vida.

O que acontece, geralmente, é que não percebemos isso e entramos no trauma e drama. Na resistência, na briga externa ou interna. Mas, se você parar com isso e olhar para a coisa toda como ela realmente é, perceberá que ela é um presente e será grato.

Para adquirir esta musculatura, faça pergunta: Qual o presente que estou recebendo aqui que não estou reconhecendo?

Que reconhecimento além desta realidade eu não estou dando aos outros e a mim mesmo que estou escolhendo?

O que se requer para reconhecer o presente que você é?

Que mentiras, pontos de vista, definições e conclusões  você comprou para não reconhecer a você e aos demais como um presente?

Destroi e descria tudo isso.

Você é um presente para mim. Cada vez que faz uma escolha comprometendo-se em Ser, você me presenteia e presentais todo o planeta.

Agradeço a você por se Escolher.

 

A disposição de ver a possibilidade em todas as coisas, ao invés do julgamento de todas as coisas.

 

Nossa tendência pela polaridade é a maior coisa que nos prende. E polaridade é julgamento. Sempre tem algo certo ou errado. Sim, certo também é julgamento e é onde nos prendemos mais.

No lugar de julgar, experimente ver a situação como uma possibilidade.

Exemplo, cancelaram seu vôo: Ao invés de julgar, pergunte que outra possibilidade existe ali. Pode haver um vôo melhor. Num horário e preços melhores.

O mesmo você pode fazer com o julgamento positivo. Você se fixa em pessoas por achar que elas são maiores e melhores que você. Começa a segui-las. Viram gurus. Quando se perceber neste lugar, pergunte: Que outra possibilidade existe aqui, que não estou reconhecendo em mim?

Tudo, tudinho tem outras possibilidades. E o julgamento só faz vc não ter acesso a elas.

A disposição de ter uma pergunta e ser a pergunta.

Nossa mente tem respostas. E elas são as mesmas o tempo todo. Quando você faz uma pergunta, quebra este algoritmo mental.

As perguntas trazem a consciência que vc precisa para cada situação, cada escolha. Sem limitação. E ser a pergunta é ter o espaço de não ter a resposta, que irá te limitar. Não ter expectativa do resultado, não ter projeção do que está por vir e do que está sendo atualizado na sua criação.

Ser a pergunta é estar sempre na consciência de tudo, sem julgamento e ponto de vista fixo algum.

E Estar na pergunta, como virou jargão, não é um espera constante por uma resposta. É fazer a pergunta e receber a contribuição que chega. O saber é rápido, não requer espera. Se vc está esperando, não está percebendo a contribuição que provavelmente chegou.

Comece a perceber se você tem sido a pergunta ou a dúvida. Ser a pergunta não é será que vou ou não vou, num espaço de dúvida, mas sim perguntar o que vai criar mais.

Se você tem dúvidas, está num implante que te distrai do compromisso com você mesmo. Na pergunta você está no espaço de compromisso com você.

Faça perguntas e se vc não sabe fazer, pergunte: Que pergunta posso fazer aqui?

A disposição para dizer: “Não, eu não vou fazer isso. Sinto muito, isso não funciona para mim. Eu não acredito nisso. Eu não escolho isso.

Comprometer-se com você supõe-se ser honesto com você. Isso inclui dizer não quando algo não é leve para sua vida, quando não irá criar mais para você.

Fomos ensinados que, para pertencermos e sermos amados, temos que atender a tudo e todos.

Daí a dificuldade em falar não.

Outra barreira é não perceber o que não funciona para nós. Vamos no caminho da boiada. O que todo mundo faz, vamos seguindo, já que funciona para eles, vai funcionar para mim também. E não funciona.

Faça perguntas: isso vai funcionar para mim? Se ficar pesado é pq tem mentira. Não faça, pois isso irá criar menos para você. Não escolha deste lugar de imitação ou de medo de ofender alguém. Esteja disposto a dizer não.

Ter consciência disso, vai lhe trazer mais espaço para suas escolhas criarem mais para sua vida.