O Ser Infinito que você é. Dia 17

O Ser Infinito que você é, com Patrícia Stanquevisch.jpg

A cultura do medo é a forma que algumas pessoas usam e ficam encarregadas de nos parar.

Você escolhe algo que na visão delas é loucura. Mudar de país, por exemplo. Vão te dar todos os milhões de motivos em que isso não vai dar certo.

O medo é um implante que te distrai em todos os aspectos da sua vida.

Ele está embutido em quase todas as formas de comunicação que acessamos. Veja o facebook. O quanto há a cultura do medo.

Muito do medo está conectado à sua relação com o dinheiro. A falta dele ou a possível falta dele. Isso não é verdade. O dinheiro é uma energia de contribuição.

Quando você sabe algo e não segue pelo medo, perde a oportunidade de Receber do Universo. Criou uma enorme parede entre você e ele.

A maior parte deste medo não é seu. Vem de outras pessoas. E você compra para você. Primeiro pergunte: A quem isso pertence? Não sendo seu, devolva ao remetente.

Perceba como há algumas pessoas que levam você para este estado. E que geralmente são pessoas em que você confia e ama. Elas estão, muitas vezes inconscientemente, a serviço deste implante.

Se te disserem não faça, vai dar errado, pergunte a Você: Verdade, isso vai dar errado? E perceba no seu corpo a resposta. É leve, então é este o caminho.

Tudo o que precisamos está em nosso corpo. O medo não é uma destas coisas.

Ouça seu saber. Confie em você. Diga ao medo, tchau, fui ali e não volto.

Patrícia Stanquevisch

Aprofunde estes temas fazendo O Fundamento. SAIBA MAIS.