A farpa

 
a farpa.jpg
 

Hoje acordei 4h30. A ideia era não perder a hora para o vôo de Porto Alegre, às 9h05.

Tomei um banho muito silencioso. Também não acendi a luz. Banho no escuro. Parecia que desta forma eu estaria mais descansada e relaxada. 

Enrolada na toalha, sentei-me na cama e percebi que meu pé doía em um ponto muito pequeno. Culpa do Jack (meu gato). Ele fugiu e precisei entrar no jardim, alucinadamente para que ele não subisse no telhado da vizinha, local onde ele já havia visitado, sem conseguir sair depois. Pisei em algo com farpas. Uma delas havia ficado ali. Estava inflamado, mas consegui limpar, retirar e perceber que aquilo era um sintoma.

Fiquei quase a semana toda com este espinho no pé. Percebia a dorzinha, mas não parei para olhar. Precisei de um banho no silêncio e escuro, para aprofundar o assunto. Meu corpo mostra o que está acontecendo, sempre. E não estava sendo diferente ali. Pensei que há farpinhas que carrego, com pequenas dorzinhas, mas que podem ficar maiores, com pus e para que, né ? 

Relacionei, imediatamente, às situações que me incomodaram na semana. Tenho bastante trabalho. Isso se deve às escolhas que fiz. E adoro fazer tudo o que faço. Algumas pessoas trabalham comigo nisso tudo. Porque criei iniciativas de empreendimentos que já estão no ar. Quando alguém não faz sua parte ou não faz com eficiência, isso me atinge e se torna a farpa no pé. O que fazer ? Tomar banho no silêncio. Trazer o processo do enunciado aclarador milhões de vezes e retirar o problema dali. PodPoc nisso tudo. Quem não sabe o que é, veja o VÍDEO.

Tão incrível isso, pq eu estou há uma semana brigando comigo pela ineficiência de alguém. Me julgando e julgando a pessoa por não ser um trabalho fluído. Quando escolhi que ia mudar isso, tomei decisões para ter uma nova pessoa neste trabalho, fiz uma mandala dos dragões para alinhar os pontos necessários,  a farpa saiu do meu pé. Pé é base. O que me carrega diariamente para ir e vir e sustenta o dia todo. Como o corpo é lindo, incrivelmente generoso e poderoso!!! Me avisa e se transforma, quando eu transformo a situação.

No final de semana passado, eu sentia um peso enorme no meu corpo, que estava com todo este volume de trabalho, mais filhos, mais casa para cuidar. Coisas que amo fazer, mas estava pesado fisicamente. Eu fiz a pergunta: Quem pode contribuir comigo na parte administrativa do meu trabalho? Apareceu esta oportunidade de uma nova pessoa organizar a administração dos meus cursos, uma outra para as mídias sociais e mais uma interessada em cuidar da parte de assessoria de imprensa e divulgação. São as contribuições aparecendo. 

Às vezes, gostamos tanto de alguém que não queremos criar limites nas situações. Pode ser filho, marido, esposa, amigo, amiga... Eu liberei todas estas pessoas da minha vida, nestes dias. Cada um pode seguir o que escolher. É uma escolha trabalhar comigo. Só que eu escolho ter eficiência em tudo o que faço. Porque eficiência, no meu ponto de vista, é fluxo. Não quero mais farpas no meu pé. 

Com o anjo da Paz, meu anjo do dia, vou embarcar agora para POA, com uma consciência de que quanto mais eu escolho, pergunto, percebo e sou (não nesta ordem), mais expando.

beijos a tod@s.