Merecimento, uma mentira em sua vida.

Já parou para pensar em quem e como foi criado o tal de merecimento ? Eu procurei no deus Google, mas não achei de onde veio o conceito. Só encontrei o significado nos dicionários. 

substantivo masculino: aquilo que torna alguém ou algo digno ou passível de receber prêmio ou castigo. aquilo que empresta valor a algo; aquilo que há de bom, vantajoso, admirável ou recomendável em alguém ou algo; importância, preço, valor.

Bem, já que ninguém me conta de onde veio, posso imaginar que saiu da cabeça do espírito de porco do ser humano mesmo. Porque ficou mais fácil separar, quem pode, quem não pode, quem ganha, quem não ganha, quem trabalha, quem recebe, quem fica com mais, quem fica com menos. Ao invés de cada um simplesmente aprender com as consequências das ações.

Daí vou te contar uma coisa. As pessoas vêm fazer trabalhos de autoconhecimento comigo e é um caos a cabecinha. Porque acham que não merecem nada. Se acham o cocô do limpador do cocô do cavalo do Zorro. Imagina, nem é o cocô do cavalo do super herói, mas o limpador... achando ainda que o limpador é menos merecedor do que o próprio Zorro. Ou merecem todo o sofrimento do planeta.

Não, gente ! Eu tenho contato direto com Deus e com os Anjos. E eles me falam que esta coisa de merecimento não existe. Muda a sintonia do rádio interior. Você cria as situações de culpa e vítima e depois não dá conta. E ainda deixa os fulanos ditarem sua vida, com julgamento de que merece ou não algo. Lidar com seu mundo com RESPONSABILIDADE, tira um peso enorme dos ombros. Tudo é energia que reverbera e volta para você a partir das suas escolhas. Mas não é merecer. É só o resultado, consequência do que você vibrou, da sua ação. Fez bagunça, precisa arrumar. Mas não é: fez bagunça e agora você não merece assistir TV. Pára de fazer isso com suas crianças, inclusive. Porque depois elas crescem patetas como você. Não sabem assumir o poder que todos temos. Fez bagunça, precisa arrumar. O não ver TV é porque estava arrumando a bagunça, mas não porque não merece. Percebe a diferença ? 

O Amor que somos, todos, não julga quem merece ou não merece. Quem faz isso é o ego. Que ainda causa separação. Provoca medo, gera escassez, gera inimizades, conflitos entre os pares. 

Estes dias me posicionei com umas questões das iniciativas que conduzo. E isso foi contra a percepção de muita gente. Daí não mereço mais o apoio e o cuidado delas. Olha só! Que raio de amor é este ? Nenhum. Isso se chama ego. Você só apoia o amigo que está dentro da sua percepção de certo ? Se não concorda você abandona ? Ele não merece sua amizade ? Sinto muito. Não era amor. E tudo bem assim. Fica mais clara a relação. Sem ilusões.

Há muito o que se caminhar ainda para compreendermos que o AMOR nunca exclui. NUNCA. Eu não digo que sou Amor 100%. Não. Tem uma galera que quero que suma pelo buraco negro do Universo. Mas veja só... mesmo estes, eu não abandonaria no caso de necessidade. São seres... e eu amo a todos os seres. Minhas mãos se estendem para qualquer necessidade. Não por merecerem. Mas por SEREM parte de algo que acredito ser maior. E que eu sou parte também. 

"Patrícia, você estenderia a mão para o Temer se ele estivesse caindo de um penhasco ?" Primeiramente eu diria, Fora Temer. Mas depois eu o ajudaria a subir para o plano. 

Brincadeirinhas a parte, a coisa do Merecer acaba que atrapalha que cada um dê passos a frente. O algoz é a própria vítima, que causa grandes boicotes por não se achar merecedor. 

São dores profundas que estão, na maioria das vezes, no inconsciente, mas que podem ser dissolvidas. No Jogo da Transformação® você pode trabalhar isso. Esta é uma dica.

Faça um compromisso com o Amor. Você vai ver que vale a pena. Porque ele é você. Ele somos todos nós. Ele não é condescendente, mas não exclui e não separa por mérito. <3