Hoje vou fazer um dia diferente.

Hoje vou fazer um dia diferente. 
Vou dormir de novo e recomeçar a manhã. Imaginar que é um túnel do tempo e que a manhã recomeça sem qualquer ponto de estranheza ruim. Vou olhar para os fatos tentando buscar no mínimo duas perspectivas diferentes ou quase nenhuma percepção, dando a chance, para o fato, dele nem existir se for inútil, por exemplo.

Vou falar algum sim para algo que eu esteja dizendo não. Pelo menos um sim. E vou dizer um não para algo que eu diga sim. Assim dou chance para renovar o olhar. Como seria escolher diferente?

Vou fazer algo incoerente . Ver como funciona isso, pois sou coerente demais. E vou desmarcar compromisso para marcar um outro e desorganizar uma ideia.

Ahhh, vou tomar banho frio. Entender na pele outra sensação que ela rejeita.

Que mais ? Hummm Vou andar na feira e pedir para experimentar o que me der vontade. Quem sabe ganho uma fruta diferente do que estou acostumada.

Não vou falar de amor hoje. Esta é difícil. Vou me calar e esperar que o amor fale por si só.

Pq tudo isso ? Pq vou sair do conforto que me deixa presa aos sempre rotineiros movimentos humanos. Expandir a percepção das coisas.

Tô indo dormir. Não tente me acordar, pq eu já acordei. Se é que dá para entender.